29 de setembro de 2013

O sucesso do livro: O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota

O livro "O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota", e uma coletânea dos textos de autoria do filósofo sem carteirinha, crachá ou livro-ponto Olavo de Carvalho, lançado há algum tempo pela Editora Record.

COMPRAR O LIVRO COM PREÇO PROMOCIONAL


O sucesso de vendas da obra é praticamente surreal. Os artigos presentes no livro foram selecionados e organizados por Felipe Moura Brasil, um jovem de vinte e poucos anos, que também cuida de notas explicativas e referências bibliográficas que remetem o leitor tanto à vasta obra do próprio Olavo como à teia de autores e temas com os quais seus textos dialogam ou polemizam.

Moura Brasil informa que a seleção obedeceu a seu gosto pessoal e à necessidade de partilhar a sua experiência de leitor e estudioso da obra de Olavo. Esse moço é a prova de que a inteligência e a autonomia intelectual sobrevivem mesmo aos piores tempos. E os piores tempos podem não ser aqueles em que o amor à liberdade é obrigado a resistir na clandestinidade, fazendo com que o leitor perceba que ainda resta uma esperança no fundo da caixa.

Nesse caso, essa própria esperança começa a correr riscos. O livro, o que não chega a ser uma surpresa, provocou um enorme silêncio (que é uma das formas do moderno exercício da violência). Os leitores, no entanto, estão fazendo a sua parte, e ele já figura em 10º lugar na lista dos “Mais Vendidos”, na categoria “Não-Ficção”, na VEJA desta semana.

"Eu me sinto honrado de apresentar este livro do professor Olavo de Carvalho, grande filósofo, - O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota."

"O livro é um fenômeno de vendas. Desde a primeira semana já bateu no mercado como sendo um dos mais vendidos, o que é uma façanha para um livro compendioso, de 600 páginas. Acho que no Brasil em que não se está acostumado a ler, e a ler temas sérios que fazem refletir, é um fenômeno que está mostrando o quanto o brasileiro está sedento - e sedento de informações verdadeiras. Esta é a grande realidade que está por trás deste fenômeno de vendagem do livro - O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota."

"Atualmente, ele é o 4º da lista dos mais vendidos da Veja, 4º do Globo - e está presente em todas as listas dos mais vendidos do Brasil."

"Olavo de Carvalho busca a verdade, diria até, de forma cruel, com aquela sinceridade selvagem de quem não tem medo daquilo que irá encontrar no fim da sua investigação. Os filósofos antigos insistiam nessa característica do verdadeiro filósofo: que o filósofo precisava ser um homem de virtudes que realmente investigasse e buscasse a verdade das coisas. O Olavo de Carvalho tem esta qualidade e esta capacidade."

"Além de ser um homem com uma vasta obra filosófica, ele também se dedica a dar a conhecer ao grande público aquilo que não somente são algumas das suas reflexões filosóficas mais maduras, mas também a análise da realidade."

"Quem quer conhecer a verdade se alimenta de realidade. Agora, infelizmente, o que nós encontramos muitas vezes por aí é uma vontade louca de não enxergar o mundo real. O Olavo tem esta qualidade de não somente investigar, de conhecer a realidade, mas também de transmiti-la como um verdadeiro professor."

"Eu chamo de professor Olavo, porque eu o considero meu professor. Eu posso dizer que a minha vida intelectual se divide em antes do Olavo e depois do Olavo. Através da leitura dos seus artigos, eu comecei a descobrir um mundo, que é o mundo real, mas que eu desconhecia."

Através dos artigos do professor Olavo de Carvalho se descortina um mundo novo, um mundo que faz muito mais sentido do que este mundo irreal e fictício no qual a sociedade vive. É por isso que o livro se chama - O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota. Por que este título aparentemente ofensivo? Parece somente uma jogada de marketing, mas não é nada disso. A palavra idiota vem do grego: (idios) quer dizer aquilo que é próprio. Um idiota é uma pessoa fechada no seu pequeno mundo, no seu mundinho. O que acontece é que esta idiotice tornou-se uma idiotice coletiva.Não é à toa que o próprio Olavo tem livros como (O imbecil coletivo). É uma idiotice em que as pessoas estão fechadas num mundo irreal. Se isto fosse simplesmente um fenômeno de uma pessoa autista, seria compreensível, mas quando se torna uma epidemia social, onde as pessoas simplesmente parecem que não querem conhecer a realidade, [aí o problema se agrava]... Então quando você tem acesso às informações que estão nos artigos do professor Olavo de Carvalho, você começa a enxergar por quê.

Por que é que o mundo não era do jeito que as pessoas estavam contando? Você sempre notou que você percebia o mundo de um jeito diferente daquilo que se ouve na mídia, diferente daquilo que se ouve no senso comum, na opinião geral. Por que isso? Então aqui é a grande contribuição do professor Olavo de Carvalho.

O que está contido neste livro são 20 anos do trabalho do professor Olavo de Carvalho nos veículos de comunicação da grande mídia. Esses artigos, quase 200 artigos, foram organizados por um jovem, chamado Felipe Moura Brasil - e foram organizados de uma forma muito inteligente. O valor deste volume está exatamente no fato de que os artigos estão aqui organizados de uma forma bastante lógica, por temas, e não somente isso: com abundantes notas. As notas que o Felipe Moura Brasil fez são notas muito interessantes, que mostram o grande trabalho deste rapaz.

O Felipe está realmente de parabéns por aquilo que ele fez. É um trabalho assim invejável e é um serviço enorme que você, Felipe, prestou ao nosso país, fazendo esta compilação, esta organização que está aqui. Por quê? Porque os artigos estão não somente comentados nas notas, mas estão comentados com referências à obra do professor Olavo de Carvalho, a livros, artigos e outras publicações que o professor fez que não estão aqui, mas também há uma referência interna dos artigos uns com os outros, de tal forma que esses quase 200 artigos realmente se tornaram um corpo compacto, sólido e bem articulado. Aquilo que poderia ser simplesmente uma compilação disparatada se colocada em ordem cronológica, tornou-se algo realmente, poderia até dizer, com um certo caráter enciclopédico.

A enciclopédia da realidade não somente política, mas cultural brasileira na atualidade. Então aqui vai o nosso agradecimento não somente ao professor Olavo por esses 20 anos de trabalho nesse campo, mas também ao Felipe Moura Brasil.

Conhecer mais informações sobre o livro: O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota

Fonte: Portal Veja