2 de janeiro de 2013

Como tirar o máximo de sua organização


Não há truques para motivar os outros. É preciso um entendimento claro e sem preconceitos da situação em questão, uma profunda compreensão dos caprichos da natureza humana, tanto na esfera individual quanto na grupal, o estabelecimento de expectativas e metas razoáveis e a adoção de um conjunto equilibrado de incentivos tangíveis e intangíveis. Em outras palavras, é algo que requer muita reflexão e muito trabalho. Quando uma organização está sob pressão ou em crise, tais desafios tornam-se ainda maiores.

Alguns líderes de destaque em suas atividades descrevem suas táticas na hora de enfrentar estes desafios: “PARTA DA VERDADE – Um confronto realmente honesto é difícil. Ninguém pode tirar conclusões sobre um problema e jogar a culpa nos outros.

Para motivar alguém a mudar, é preciso fazê-lo encarar um espelho. Depois, estabelecer aspirações elevadas, mas tangíveis, e, por fim, marchar com o pragmatismo da realidade para as aspirações”. Carly Fiona – Presidente da HP Palo Alto

“FAÇAM COM QUE SINTAM ORGULHO – Reforce a auto-estima individual, instale o processo de feedback positivo, aplauda as iniciativas e os dons naturais, abrace os conceitos e as intenções”. Chauncey Veatch – Professor da Coachella High School

“APOSTE NOS VALORES – O segredo para um líder servir de motivação a alguém está antes em respeitar valores simples como honestidade, justiça e generosidade. Nunca tive que comprometer os meus padrões ou valores. É assim que me mantenho motivado e é assim que me empenho para motivar os outros”. L.M.Baker,Jr - Presidente do Banco Wachovia, NC

“SEJA UM DISCO RISCADO – As pessoas não podem — e não irão — ajudá-lo muito se não souberem o que está acontecendo, o que se espera delas e o que o futuro reserva. É preciso repetir as mensagens de direcionamento, inspiração e conforto diariamente, de diversas formas.

Quando a comunicação é constante e sistemática para todas as partes interessadas (funcionários, investidores, clientes, mídia ou alta direção) as pessoas sentem-se parte de um time e, mais importante, respeitadas, o que os motiva a vir para o trabalho todo dia”. Robert Eckert – Presidente da Matel, CA 

“CUIDE DE QUEM PODE MENOS – Quem está no topo das organizações — os que ganham mais — costuma esquecer de como as coisas são difíceis para quem está na base. Se um líder conseguir fazer as pessoas da base sentirem que há consideração por elas, se ele estabelecer limites à sua ganância, e seus funcionários perceberem, a organização inteira vai se sentir inspirada e motivada”. Herb Baum – Presidente da Dial Corporation, AZ

Além destes conselhos, acrescentamos o nosso preceito básico para uma gestão estratégica de pessoas: “ENVOLVA AS PESSOAS NAS DECISÕES QUE LHES AFETAM”

Fonte: Blog Mais RH