19 de outubro de 2016

Profissional accountable: o novo perfil procurado pelas empresas


Em tempos de alta concorrência no mercado de trabalho, cada vez mais as empresas têm procurado funcionários considerados "completos". Além do diploma de graduação e do conhecimento de uma segunda língua, hoje em dia as companhias procuram e valorizam profissionais que possuam as chamadas competências pessoais. Proatividade, engajamento, resiliência e visão estratégica são apenas alguns exemplos de atribuições buscadas pelas organizações e é nesse quesito que entra a palavra accountability.

O termo, provindo da língua inglesa, tem sido uma das principais habilidades procuradas em um profissional pelas grandes empresas atualmente e uma das mais difíceis de ser encontradas. Mas o que é accountability? Quando traduzida para o português, a palavra encontrada é responsabilidade, que nos fornece dois significados. O primeiro deles remete ao sentido de designação da área de atuação, aquela pessoa que responde por alguma atividade ou resultado, como "João é responsável pelo jardim"; o segundo refere-se à atitude de assumir a responsabilidade por algo voluntariamente. E é nesse último que encontramos a melhor explicação para accountability.


Funcionários que chamem o dever e a responsabilidade para si (como algo que vem de dentro para fora), que saibam como resolver a situação ou problema do momento e, principalmente, que estejam dispostos a encarar as consequências de seus atos, ganham destaque nas organizações.

Pessoas accountable possuem um enorme valor para as organizações, pois são profissionais que cumprem a palavra, entregam o que prometem e assumem a responsabilidade voluntariamente. E estamos falando da responsabilidade como um comportamento intrínseco.

E quais as dicas para se tornar um profissional accountable? Não esperar as ordens virem de seus superiores, mas sim tomar as atitudes necessárias para resolver os problemas e assumir suas responsabilidades. É fundamental ter em mente que, para obter os resultados desejados, é preciso ir além do que é esperado. Inspirar-se, reunir energias e assumir o próprio papel na empresa são comportamentos que ajudam a encontrar melhores resultados e superar qualquer desafio que possa aparecer.

Artigo escrito por Johannes Castellano (diretor de gestão de pessoas na empresa de agroquímicos Adama).

Ele mantém no Youtube e no LinkedIn da companhia a coluna Minuto RH, que traz dicas e orientações sobre carreira e desenvolvimento profissional.