14 de setembro de 2016

Crise Só Existe Para Quem Quer

A minha inspiração para este novo artigo veio de um livro chamado Você pode Curar sua Vida de Louise Hay. Entre outras coisas, ele fala o quanto nossa mente é poderosa e que não utilizamos mais do que 30% de seu potencial. Se estamos onde estamos hoje, utilizando apenas 30% de nosso potencial total, imagine onde podemos chegar! Nem conseguimos imaginar uma coisa dessas! Mas conseguimos distinguir pessoas que vivem no marasmo, sempre reclamando de tudo e culpando a “crise” por não conseguirem ir em frente... de pessoas que batalham, tentam novas ideias, novos projetos..., que fracassam sim, mas no outro dia já estão de pé novamente prontas para recomeçar! O que define a realidade de cada um é a sua postura mental!


Por este motivo que venho afirmar que a “crise” só existe para quem acredita nela! Ela é uma realidade, porém só para aqueles que nela permanecem e acreditam nela. É algo temporário e precisamos continuar as nossas vidas nesse período, inclusive intensificando e diferenciando as nossas atitudes positivas. Além disso, se a crise é um momento de mudança, temos um novo cenário, um novo contexto que precisa ser conhecido, analisado e que demanda novas estratégias e atitudes. É um bom momento para se reinventar ou finalmente fazer aquilo que você realmente gosta e nunca teve coragem por comodismo ou por ter um emprego que pagava as suas contas...

Historicamente temos vários exemplos de empresas que surgiram ou cresceram em momentos de dificuldades pois souberam trazer propostas de valor alinhadas com o momento econômico.

Posso citar alguns casos como a GE, Revlon, Fedex que foram criadas em períodos de recessão, assim como Google e Amazon que aproveitaram as crises para ajustar seus negócios e alavanca-
los.

Por isso, pense em coisas que você gosta de fazer ou “leva jeito” para fazer e invista! Seja dono do seu próprio negócio ou associe-se a outra pessoa. Pense em alternativas, faça um curso preparatório, equipe-se com o que precisa e vá em frente! Para bons profissionais sempre há espaço, mas talvez tenhamos que mudar a nossa atitude em cenários como esse!

Autora: Leticia Domingues, Administradora, Especialista em Gestão de Recursos Humanos, atua há mais de 15 anos na área de RH. Atualmente gerencia a consultoria de RH – RHF Talentos na cidade de Pelotas/RS.